A vitória Cruzmaltina e a classificação do Santos

Ontem me questionava porque o Vasco estava enfrentando dificuldades para ganhar a frágil equipe do Curitiba e cheguei a uma conclusão óbvia. Sem o Eder Luis o Vasco perdeu mobilidade e aceitou a marcação dos paranaenses que embora estivessem bem organizados taticamente e tivessem velocidade nos contra-ataques não possuíam qualidade na finalização. Este, a meu ver é a principal carência desta equipe.
Temos que dar crédito ao trabalho desenvolvido pelo Marcelo Oliveira que com jogadores limitados conseguiu adiantar marcação e compactar a equipe. Algo que é muito difícil de conseguir. Guardada as devidas proporções, mais ou menos o que o Barcelona desenvolve hoje.
Em minha opinião o Vasco é franco favorito para conquistar este título, mas copa do Brasil é fascinante por isso. Você pega um dia em que o time não estar bem ai vem à zebra. Prova disso é o Paulista, Santo André, dentre outros. Se o Curitiba ganhar nem vai ser tão zebra assim.
Mudando de time e não de assunto. Normalmente nós brasileiros, eu me incluo nisso, torcemos para que os outros times do Brasil se ferrem, para evitar gozações do tipo, meu time tem mais Libertadores que vocês etc. Em uma situação normal ontem não estaria torcendo pelo Santos diante do Cerro Portenho, mas sinceramente não consigo. Acho fascinante o futebol desses meninos, principalmente o Neymar, a irreverência dentro deste jogo em que hoje em dia se dá valor aos botinudos é sensacional. Estou loco para ver Barcelona e Santos, principalmente se eles conseguirem montar um meio-campo com Elano, Zé Roberto, Arouca e Ganso. Vamos ver se o Barça é bom mesmo, porque jogar contra aquela de cintura dura da Europa é mole.

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta